PAINÉIS SOLARES PARA AUTOCONSUMO | O QUE É?

O QUE É? | KITS DE AUTOCONSUMO | BATERIAS | QUE BENEFÍCIOS?


O autoconsumo, atividade regulada pelo Decreto-Lei nº 153/2014 de 20 de Outubro e pelas portarias nº 14/2015 e 15/2015 de 23 de janeiro, é um novo modelo de produção descentralizada de energia a partir de energias renováveis, em particular a partir do sol, em que a energia elétrica produzida a partir dos painéis solares fotovoltaicos é consumida predominantemente pelo produtor, embora com a possibilidade de injetar o remanescente na Rede Elétrica.

Neste modelo de autoconsumo que recorre aos painéis solares fotovoltaicos, consegue-se uma maior eficiência quando a instalação é dimensionada de acordo com as necessidades da instalação de consumo mas se houver excedentes, a energia excedente é paga pela EDP Serviço Universal a preços de mercado, mediante contrato assinado com esta entidade.

Este modelo consiste na instalação de painéis solares fotovoltaicos que captam a radiação solar e que, com a ajuda de inversores de corrente, produzem energia elétrica que é consumida na própria instalação. Com o nosso sistema de painéis solares para autoconsumo, toda a energia produzida e consumida representa poupança, uma vez que deixa de ser comprada ao comercializador de energia com o qual foi celebrado um contrato de fornecimento de energia elétrica.

Com os painéis solares para autoconsumo consegue-se uma maior eficiência quando a UPAC (Unidade de Produção para Autoconsumo) é dimensionada de acordo com as necessidades da instalação de consumo mas, se houver excedentes, a energia excedente que não ultrapasse o consumo total anual da instalação de consumo é paga pela EDP Serviço Universal a preços de mercado, mediante contrato assinado com esta entidade. O excedente de produção para além do valor total anual de consumo não é remunerado. Como tal, é importante avaliar bem se vale a pena injetar o excedente na RESP, dado que esta opção implica o pagamento de taxas de registo da instalação, bem como, a instalação de sistemas de telecontagem da energia produzida e injetada.

 
 
Saiba mais sobre Autoconsumo em:

A instalação de painéis solares fotovoltaicos em modelo de autoconsumo poderá potenciar o desvio de consumos noturnos para o período diurno, durante o qual existe maior produção de energia, pelo que, fará todo o sentido, por exemplo e sempre que possível, colocar as máquinas de lavar roupa e louça a funcionar durante o dia, bem como, quaisquer outros equipamentos elétricos para os quais essa deslocação seja possível.

O autoconsumo permite também a acumulação de energia com recurso a baterias, as quais são carregadas quando existe mais produção, sendo a energia usada entretanto em períodos de ausência de produção por parte dos painéis solares fotovoltaicos.

Existem várias soluções de autoconsumo disponíveis para armazenamento de energia e a preços cada vez mais acessíveis. Com a evolução da mobilidade elétrica e das viaturas 100% elétricas e híbridas plug-in, já existem no mercado baterias de iões de lítio com uma excelente relação qualidade/preço e que nos permitem uma independência bastante grande em relação à rede elétrica. Nestas soluções de autoconsumo, as baterias de iões de lítio, possuem um tempo de vida útil a rondar os 20 anos e garantias que se situam, em média, nos 10 anos. Estes sistemas permitem, ainda, a monitorização da produção dos painéis fotovoltaicos, bem como, da carga das baterias e do consumo da casa, através do computador, do tablet ou do smartphone.

Para obter mais informações sobre as soluções de painéis solares fotovoltaicos e baterias para autoconsumo da Sunenergy, não hesite em contactar-nos.