SunEnergy alcança o melhor ano de sempre em Portugal

A SunEnergy, empresa com papel central no setor das energias renováveis, vai fechar o ano de 2018 com um volume de negócios de 2 milhões de euros, crescendo mais de 20 por cento em relação a 2017.

“Cada vez mais empresas, instituições e particulares entendem os benefícios do uso da energia solar, sobretudo num país como Portugal, o que tem feito com que o nosso negócio tenha vindo a crescer. As soluções de autoconsumo com painéis solares fotovoltaicos foram o produto mais procurado e as empresas e instituições do setor público foram os segmentos de mercado que mais cresceram. Em 2018 abrimos uma nova delegação Sunenergy em Sesimbra (a nona), o que nos permite estar mais perto dos nossos clientes e potenciais clientes e reforçámos o investimento nas nossas equipas” refere Raul Santos, diretor geral da SunEnergy.

O ano de 2018 termina com a obtenção da distinção de PME Líder pelo IAPMEI e da certificação ISO 9001 atribuído pela TUV Rheinland, entidade certificadora de origem alemã. A SunEnergy passa assim a constar na Certipedia, base de dados online a nível internacional, que divulga as características de todos os Sistemas de Gestão certificados pelo Grupo TÜV Rheinland.

A poupança na fatura energética das famílias continua a ser uma das principais razões que levou a um crescimento acentuado na procura de painéis solares fotovoltaicos para autoconsumo. Mas também as empresas e o setor público investiram em soluções que lhes permitam aumentar a poupança, sendo estas também áreas que cresceram significativamente em 2018.

Entre os principais projetos fechados em 2018 pela SunEnergy contam-se os quase 1.800 painéis solares na Gráfica Ideal em Águeda, 1.150 painéis na Ramalhos, também em Águeda, 700 painéis solares com baterias de lítio na UARTRÓNICA em Aveiro, entre outros projetos nos setores público e privado, nomeadamente, na Câmara Municipal da Figueira da Foz, na Câmara Municipal de Oliveira do Bairro, na Escola Superior de Enfermagem do Porto, no Instituto Politécnico da Guarda, na Santa Casa da Misericórdia da Mealhada e nas Caves Messias, ambos na Mealhada.

Para 2019, o projeto SunEnergy ambiciona levar a energia solar a mais casas, empresas, escolas e instituições, contribuindo para colocar Portugal no caminho certo das metas ambientais definidas para 2030.