Projeto de autoconsumo da Sunenergy leva a poupança anual de 23 mil€ à Exporlux.

Projeto de autoconsumo da Sunenergy leva a poupança anual de 23 mil€ à Exporlux.

Exporlux Contrato
Da esquerda para a direita: Rui Araújo e Álvaro Silva (Exporlux) e Raul Santos e Rui Oliveira (Sunenergy)

O novo projeto em modelo de autoconsumo concluído pela SunEnergy, especialista em soluções de produção de energia elétrica a partir do sol, foi instalado em Águeda, na Exporlux, um dos líderes nacionais no setor da Iluminação Técnica Interior, Exterior e Pública.

O investimento vai permitir uma poupança anual de 23 mil euros à Exporlux. O projeto contemplou a instalação de 562 painéis solares fotovoltaicos de 380W para a produção de energia elétrica a partir do sol que será consumida pelo edifício. A instalação terá 214kW de potência e vai permitir uma produção anual de 300 mil kWh, bem como uma redução por ano de 150 toneladas em emissões de CO2.

A filosofia do grupo Exporlux passa pelo desenvolvimento de sistemas que minimizem o consumo energético, alinhada com uma política responsável de reciclagem e um processo contínuo de investimento em Investigação e Desenvolvimento. Foi por isso que realizámos, no ano passado, um projeto para a Ramalhos executado pela SunEnergy. Os resultados satisfatórios mostraram que fazia todo o sentido continuar a nossa aposta e, mais uma vez, contamos com o apoio do expertise da SunEnergy.

Álvaro Silva – Grupo Exporlux

Cada vez mais, as empresas portuguesas mostram uma preocupação pela sustentabilidade e pela redução da sua pegada ecológica, sendo o grupo Exporlux um ótimo exemplo disso mesmo. É com entusiasmo que vemos que a Exporlux voltou a depositar a sua confiança na SunEnergy para a execução de mais um projeto sustentável.

Rui Oliveira – Diretor Comercial SunEnergy

Instalação de 460 painéis solares da SunEnergy leva Fumeiros Porfírios a poupar 20 mil euros/ano.

Instalação de 460 painéis solares da SunEnergy leva Fumeiros Porfírios a poupar 20 mil euros/ano.

Contrato Fumeiros Porfírios
Da esquerda para a direita: Daniel Porfírio e Raul Santos.

A SunEnergy, especialista em soluções de produção de energia
elétrica a partir do sol, concluiu a execução de mais um projeto em modelo de autoconsumo. A instalação teve lugar na Fumeiros Porfírios, empresa especialista na produção de charcutaria, que já conta com 38 anos de história.

Além da redução das emissões de CO2, o novo investimento vai também permitir uma redução significativa de energia paga para a empresa de Lamego. O projeto na Fumeiros Porfírios contou com a instalação de 460 painéis solares fotovoltaicos de 305W para a produção de energia elétrica a partir do sol que será consumida pelo edifício. Esta instalação, com 140kW de potência, vai permitir uma produção de 215.000 kWh por ano e também a redução anual de emissões de CO2 em 110 toneladas.

Ao longo de mais de 38 anos de história, temos procurado juntar a tradição à modernidade. Como tal, não poderíamos deixar de olhar para este investimento na energia solar como forma de, também nós, trabalharmos na transição energética e assim diminuirmos a nossa dependência em relação à rede elétrica e às fontes de energia fósseis.

Daniel Porfírio – Fumeiros Porfírios

A pandemia da Covid-19 trouxe muitos desafios para Portugal e para o mundo. Não obstante, temos vindo a constatar que as empresas portuguesas continuam a apostar na energia solar, não só para reduzir a pegada ecológica da sua atividade, mas também para reduzir custos e aumentar a sua competitividade.
É, por isso, com muita satisfação que colaboramos com a Fumeiros Porfírios para a concretização destes objetivos.

Raul Santos – CEO SunEnergy
Logotipo Fumeiros Porfírios

SunEnergy abre delegação nas Caldas da Rainha

SunEnergy abre delegação nas Caldas da Rainha

Loja Sunenergy Caldas da Rainha

A SunEnergy, especialista em soluções de produção de energia elétrica a partir do sol, acaba de abrir uma nova delegação, desta vez no distrito de Leiria, nas Caldas da Rainha. 

A nova delegação vem reforçar a estratégia de expansão da empresa no território nacional. A SunEnergy já tem delegações em Coimbra, Braga, Mafra, Sesimbra/Almada, Cascais/Sintra, Setúbal, Faro e Albufeira.

Renato Romão, responsável da nova delegação em Caldas da Rainha, afirma: “As energias renováveis são um tema que sempre despertaram o meu interesse, pelo que é com muito entusiasmo que assumo este desafio, juntando-me a uma das marcas de referência em Portugal na área das energias renováveis e da sustentabilidade”.

Raul Santos, CEO da SunEnergy, refere que “Ao longo dos 10 anos de história da SunEnergy, temos procurado levar a transição energética ao maior número possível de portugueses. Esta nova delegação contribui também para esse objetivo, alargando a nossa Rede, que pretendemos que continue a crescer no futuro porque um dos pontos da nossa política passa por estarmos próximos dos nossos clientes também do ponto de vista geográfico”.

Candidaturas ao “Coimbra Cidade Sustentável” abertas de 12 de maio a 30 de setembro.

Candidaturas ao “Coimbra Cidade Sustentável” abertas de 12 de maio a 30 de setembro.

Coimbra Cidade Sustentável

As candidaturas à concessão de incentivos para quem pretende adquirir sistemas de produção e armazenamento de energia elétrica fotovoltaica para autoconsumo, ao abrigo do Regulamento Municipal “Coimbra Cidade Sustentável”, começam a dia 12 de maio e vão até 30 de setembro.

Os apoios destinam-se a pessoas singulares com residência permanente no concelho, a condomínios de prédios afetos total ou predominantemente ao uso habitacional e a pessoas coletivas sem fins lucrativos sedeadas no concelho de Coimbra.

Os incentivos financeiros a conceder são de 250 euros, no caso de sistemas de produção de energia com uma potência até 750W; de 500 euros, no caso de sistemas de produção de energia com uma potência superior a 750W e até 1500W; e de 750 euros, no caso de sistemas de produção de energia com uma potência superior a 1500W e até 30.000W. A totalidade de incentivos a conceder é de 100 mil euros para pessoas singulares e condomínios de prédios e de outros 100 mil euros para pessoas coletivas sem fins lucrativos.

Visite o website do Município de Coimbra para informações sobre o processo de candidatura ao incentivo “Coimbra Cidade Sustentável”.