930 painéis solares fotovoltaicos vão permitir a hipermercado E.Leclerc poupar 42.000 euros por ano.


e.leclerc poupa com paineis solares fotovoltaicos
Da esquerda para a direita: Raul Santos (Sunenergy) e Orlando Pinão (E.Leclerc).

A SunEnergy, especialista em soluções de produção de energia elétrica a partir do sol, fechou um projeto com o hipermercado E.Leclerc na Bobadela, concelho de Loures, para instalação de unidade de produção em autoconsumo constituída por 930 painéis solares fotovoltaicos de 295W.

Este projeto visa a produção de energia elétrica a partir do sol que será integralmente consumida pelo hipermercado. Com 275 kW de potência, será possível produzir cerca de 378.000 kWh por ano, o que se traduz numa poupança anual de 42 000 euros. Também o ambiente sai beneficiado, com uma redução de cerca de 220 toneladas de CO2 por ano. Ao fim de 25 anos, mais de 5500 toneladas de CO2 serão poupadas.

Segundo o Responsável do hipermercado E.Leclerc na Bobadela, Orlando Pinão, “as superfícies comerciais como a nossa têm grandes consumos de energia, sobretudo pela utilização de equipamentos de frio, climatização e iluminação, pelo que estes sistemas de autoconsumo permitem uma poupança muito significativa na nossa fatura energética.
Este modelo de produção de energia com painéis solares tem também a vantagem de produzir energia quando ela é mais cara, precisamente durante o dia, quando existe sol“.

Orlando Pinão – Responsável do hipermercado E.Leclerc (Bobadela)

Raul Santos, responsável da Sunenergy, refere que “este projeto envolveu um caderno de encargos extremamente exigente e, apenas as empresas de maior dimensão, com provas dadas e mais preparadas, como a Sunenergy, poderiam estar à altura para corresponder às exigências do cliente.
Para toda a equipa da Sunenergy é um motivo de orgulho, e enorme satisfação, podermos merecer a confiança de um cliente com este nível de exigência e estamos seguros de que estaremos à altura do desafio. Este tipo de investimentos é cada vez mais procurado por particulares, setor público e empresas dos mais diversos ramos de atividade, uma vez que o custo da energia tem vindo a aumentar ano após ano, não se prevendo que esta tendência se altere num futuro próximo.
Com um nível de risco muito baixo, uma rentabilidade superior a 20/25% e um retorno ao fim de 4/5 anos, este é um investimento que faz cada vez mais sentido ser considerado“.

Raul Santos – CEO da Sunenergy